Ryan Campbell [FP]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ryan Campbell [FP]

Mensagem por Ryan Campbell em Dom Jul 15, 2012 5:44 pm

Nome antes de virar vampiro: Reymond Samwise Hudson

Calouro ou vampiro: Vampiro

Nome depois de vir para a morada da noite :
Ryan Campbell

A quanto tempo foi marcado: Cerca de 7 anos


Quantos anos tem: 26 anos

Habilidade: Controle de Sentimentos. Com este controle na maioria das vezes consegue fazer a pessoa se sentir mais calma como se abrisse uma certa porta, e assim um vampiro com excelente posição espiritual consegueria transmitir certos pensamentos para a pessoa.

Hobbies: Leitura e esgrima

Personalidade: Uma pessoa objetiva,tendo certeza sobre suas próprias metas e desejos. Gentil e honesto, mas bastante orgulhoso. Não poderia ser considerado uma pessoa tímida, ao contrario de sua irmã mais nova. Acostumado a vida em meio a florestas e é bastante independente, por causa de seu estímulo a vida. Se considera um pouco protetor em excesso e talvez isso as vezes o mantenha longe de alguns relacionamentos. Embora demonstre na maioria das vezes ser um pouco agressivo,não poderia causar perigo a qualquer pessoa inocente. Um rápido e destemido guerreiro que concerteza seria capas de fazer tudo para proteger tudo e todos a sua volta,independente de idade, sinceridade ou caráter.

Linguas que fala: Ingles,português, Russo, alemão e italiao

História antes de ser marcado: Minha vida não poderia ser considerada uma causa muito legalmcheia de aventuras e coisas da qual desde moleque sempre sonhei em fazer, ao contrário. Minha história para mim,se iniciou quando fui marcado, e antes seria um preparo para a vida real. Um cruel e pessimista preparo para a vida real. Meus pais faleceram antes mesmo de eu fazer doze anos. Minha mãe se foi primeiramente, deixando uma grande marca em minha vida. Eu e ela éramos inseparaveis, e isso não mudou em nada quando descobri que teria uma irmã para ensinar e cuidar, ao contrário, me foi um grande estímulo,me deixando ansioso para quando aquela pequena nascesse e eu me sentiaresponsável por ela e pela minha mãe até o resto de meus dias.


Eu era muito pequeno e deveria pensar em outras coisas, como em bolas de futebol e as garotas lindas que moravam na esquina. Mas eu nem sequer ligava para qualquer coisa. Minha mãe se preocupava comigo e minha grande preopcupação que somente aumentava,junto com o volume de sua barriga.

Um dia definitavemnte ela quis relaxar, me levou junto para sair e comer pipoca com refrigerante. E aquele foi o único dia que eu tive como uma pessoa normal. Nós assistimos juntos um desenho animado, de um herói todo super poderoso e saímos de lá igual a dois bobos rindo, eu me sentia uma criança,como eu deveria me sentir. Fomos a um ponto de ônibus e simplesmente ficávamos conversando sobre o desenho tão animadamente que eu conseguia ser capas de ouvir as pessoas rindo junto a nós dois. Aquele foi o último dia em que fiquei com minha mãe.

Até o dia de hoje eu não sei exatamente o que aconteceu.tudo não passa de um borrão para mim, e cada vez que tento relembrar tudo dói,escuresse e uma grande dor de cabeça me corrói totalmente.A única copisa que me lembro foi de acordar no outro dia. O sol estava em seu auge e eu só conseguia ouvir um chorinho de bebê, era irritante e aguo, e mesmo que eu quisesse não conseguia voltar a dormir. Fui até um outro quarto e estranhei,aquela não era minha casa.E em cima da cama junto ao um pequenino bebê havia uma mulher e um homem. Auela não era minha mãe.E aquele era meu pai.

Desde aquele dia tudo mudou e eu passei a viver ocm meu pai e minha pequena irmã,que aliás ele dizia ser a tal garotinha que vivia na barriga da minha mãe. Era estranho, a história era estranha. Ele dizia que eu simplesmente havia batido a cabeça no ponto de ônibus escorregando e desmaiei e que enquanto isso minha mãe havia sido assaltada, o nervosismo a fez entrar em trabalho de parto e ali mesmo minha irmã mais nova nasceu.Meu pai que havia sumido da minha vida por mais de cinco anos milagrosamente nos encontrou e cuidou de mim e de minha irmã desde aquele dia. Mas eu sabia que era a mentira mais descarada quye eu já havia ouvido.

Mas eu fingia acreditar,e essa mentira continuou existindo até que no dia do meu aniversário de 14 anos misteriosamente uma cara veio e me marcou e meu pai não me via,não me visitava, nem sequer telefonava. E sinceramente aquilo não conseguia me deixar triste.Não Mesmo.

Teste de ação : Eu estava nervoso. Era a primeira aula comigo sendo um professor de esgrima oficial e sendo um vampiro tão novo fiquei me perguntando se os terceiranistas me respeitariam tanto como seria necessário, já que aquela aula seria com eles.

Relaxei os ombros quando ouvi o sinal e rapidamente percebi que os alunos estavam se prontificando a chegarem aqui rapidamente.Pigarreei e disse rapidamente dando ênfase na parte 'quebrar ossos'

--Podem vir rapidamente,mas irão realmente se machucar, o chão é liso e não seria nada agradável quebrar um ou dois ossos por cair no chão logo no início logo na primeira aula de esgrima de vocês.

Os alunos pararam abruptamente nos passos e começaram a andar pelo corredor mais lentamente. Dei um sorriso relembrando-me de minhas aulas e respirei profundamente me preparando para as apresentações, e para finalmente a parte final da luta. Com um sorriso sarcástico arrumei minha posição colocando uma de minhas pernas a frente da outra e então os alunos apareceram na porta abrindo a boca ao ver que não era mais o Filch sentado na cadeira esperando eles chegarem,respirei suavemente pensando em como terei de ter calma para acabar não fazendo besteira, já que sendo um professor não seria nada sensato mexer com o sentimento dos alunos obrigatoriamente.

Apontei para o chão levemente em um movimento de senten-se, rapidamente todos se posicionaram perto de mim bem no meio do lugar,longe dos bancos e outros objetos. Finalmente me levantei e calmamente disse

- Sou Ryan Campbell, o mais novo professor de esgrima de vocês. Considero explicar que Filch estaria indisponível para continuar ensinando sobre esgrima e me prontifiquei a subistitui-lo.Confesso que estou nervoso tal como vocês estão,mas peço compreensão e tudo vai ficar muito mais fácil de se aprender, e de se ensinar

Respirei e então apontei para uma pequena e singela garota sentada um pouco distante. Seus olhos eram escuros e senti uma grande escuridão em seu olhar, que acabava na maioria das vezes sendo cobertor por sua franjanaturalmente lisa que era incorporada ao resto de seu cabelo longo moldado em centenas de ondas. Ela me olhava piscando meio surpresa eu suavemente disse

- Venha aqui por um momento. Fique calma,prmeto não lhe machucar. - Virei-me para a turma e continuei - Esta garota tem uma aparência totalmente sensibilizada,mostrando ser um possivel alvo amis fácil. O que acontece é que isto em meio ao esgrima não tem absolutamente nada a ver. O esgrima não é força bruta, não é consideravel pela forma,mas sim pelo espírito, mas por que exatamente? Porque em uma luta não será o ocm a mosculatura maior que o normal que vencerá, mas sim o mais ágil,mas abilidoso, o que na maioria das vezes será o menor, o mais delicado.

Sorri para a garota e então ela se acalmou 'Epa, sem poderes Ryan.Sem poderes.'Voltando ao normal lhe estendi uma Wakizashie me aproximei um pouco mais, usando a mesma espada que ela comecei a dizer em voz alta.


- Por exemplo em um duelo entre esta garota e eu utilizando esta arma de combate de curta distância, mais conhecida como Wakizashie, quem teria mais chances de vencer? Ela ou eu...? - Tudo em silêncio e eu continuei então - respondendo a minha pergunta. Ela. Por que exatamente? Ora, um combate de curta distância o mais importante é saber se desviar de ataques práticos e rápido, nossos corpos estão mais próximos o que dificulta uma defesa e facilita um ataque. Para se defender é necessário se esquivar ou saber um pouco de balé

Fiz uma careta percebendo o que acabará de dizer. Então continuei

- Enfim...Defesa rápida não será uma coisa fácil para um lutador alto,com grande musculatura que consegue cobrir o quase o corpo inteiro de alguém, o que no caso aconteceria comigo em uma luta com esta pequena garota - Sorri para ela e dei risada então disse - Em comparação ela é pequena, com uma parência frágil, e assim em um ataque meu - Disse enquanto pegava a Wakizashie e me prostrava diante da garota como em um ataque - Ela terá mais chances de escapar - então em câmera lenta me dirigi a garota em um ataque diagonal entre seu ombro, e ela somente dobrou o corpo como se estivesse em uma aula de educação física formando uma ponte e eu rasguei o vento. Então disse:

-Viram?

Com uma das mãos levantei a garota e agradeci, ela sorriu e então voltou para seu lugar. Disse em voz alta finalizando minha explicação

-Agora que viram quero que peguem uma Wakizashie cada um e treinem em dupla, como eu acabei de fazer, sempre uma pessoa mais frágil,com alguém de estatura mais forte.

Terminando de dizer isto guardei minha Wakizashie dentro de uma gaveta e me sentei na cadeira. E concerteza se todas as aulas forem iguais a esta eu me acostumaria facilmente com a mania de virar um vampiro-professor.
avatar
Ryan Campbell
Professores House of Night
Professores House of Night

Mensagens : 11
Data de inscrição : 15/07/2012

Ficha do Personagem
Forças:
500/500  (500/500)
Mochila:
Formados: Vampiros adultos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ryan Campbell [FP]

Mensagem por Scarlett Romanov em Dom Jul 15, 2012 7:48 pm

lol! Adorei realmente profunda e detalhada, será uma honra participar das suas aulas, adorei a história e espero q o assunto sobre sua familia seje esclarecido durante sua trama^^
Ta APROVADO e bem vindo!
Só uma pergunta, em certo momento você falou que estava determinado a ser um guerreiro, você vai ser guerreiro?

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-
Scarlett Romanov~>Vampire~>Marks Secrets~>Solteira~>Manipuladora das Trevas
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

"Duvide da luz dos astros,
De que o sol tenha calor,
Duvide até da verdade,
Mas confie em meu amor.
avatar
Scarlett Romanov
Marks Secrets
Marks Secrets

Mensagens : 195
Data de inscrição : 26/12/2011
Idade : 22

Ficha do Personagem
Forças:
500/500  (500/500)
Mochila:
Formados: Quinto formado

Ver perfil do usuário http://seriefallenrpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ryan Campbell [FP]

Mensagem por Samantha Darksky em Dom Jul 15, 2012 10:03 pm

Bem vindo Sr.Campbell!
To aqui qualquer coisa rsrs

-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Samantha Darksky
Calouros Azuis
Calouros Azuis

Mensagens : 3
Data de inscrição : 31/12/2011
Idade : 20

Ficha do Personagem
Forças:
500/500  (500/500)
Mochila:
Formados: Quinto formado

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ryan Campbell [FP]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum